Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
Contato | Listar todas postagens

14/10/2010 11:06:42 - Subida da Serra Negra (Pedra Preta) no Parque Nacional do Itatiaia

Depois da Subida do Morro do Cristal de Itatiaia e meia travessia Serra Negra, todos nós - Dom Miranda, Pedro Hauck, Parofes, Paulinha e eu - dormimos na casa da Sonia com o Pedro, Dom e Parofes acampados no gramado enquanto a Paula e eu bivacavamos na varanda (foi muito melhor do que se tivessemos que bivacar no mato, principalmente por causa da gripe+dor de garganta+sinusite que tentava me derrubar há dois dias.

No Domingo, dia 10/10/10 acordamos sem muita pressa, tomamos nosso café da manhã e, depois de pegarmos umas indicações para a trilha começamos a subir rumo ao Pico Serra Negra, 22º ponto mais alto do Brasil de acordo com o Anuário Estatístico do IBGE, conhecido localmente também como Pedra Preta.

A trilha começa bem aberta até o seu último ponto de água antes da subida final para a Pedra Pequena, um pequeno cume rochoso antes do cume da Serra Negra. Nesse trecho a trilha passa a ter muitas bifurcações com trilhas provavelmente criadas por vacas. Mas foi só seguir sempre pela "menos fechada" e para cima que logo chegamos na parede da Pedra Pequena onde, depois de uma escaladinha solo e bem exposta (um 4º grau onde não era possível sequer pensar em errar e cair) chegamos aos 2338 m do seu cume.

No cume da Pedra Pequena fizemos algumas fotos e logo seguimos entrando em um lindo bosque no colo entre ela e a Serra Negra. Fomos subindo, fizemos uma pausa para lanche e logo em seguida continuamos a caminhada entre gravatás e lajes de pedra até que alcançamos o cume da Serra Negra com seus 2593 m de altitude (medição no GPS) - 2572 m de acordo com a antiga medição do IBGE.

Infelizmente, enquanto nós subíamos a trilha as nuvens também nos acompanhavam e do cume a visibilidade era praticamente zero. Mesmo assim fizemos algumas fotos, assinamos o livro de cume, fizemos algumas marcações no GPS e fugindo do vento gelado que soprava logo começamos a descer.

Durante a descida seguimos o mesmo caminho até a Pedra Pequena e de lá seguimos por outra trilha mais direta rumo ao vale. Mesmo tendo saído da trilha em alguns momentos esse 2º caminho é muito melhor e mais direto, levando até a bifurcação do último ponto de água da subida, onde aparentemente um dia foi um chiqueiro. De lá continuamos pela larga trilha e pouco tempo depois estávamos na casa da Sonia para um merecido almoço.

Pouco depois do almoço, com a preguiça que nos acompanhava e a ameaça de tempo ruim chegar achamos melhor procurar um modo alternativo para retornar ao abrigo Rebouças e assim começamos a negociação para que nos levassem de carro até lá. Como já tínhamos descido a pé e o caminho que me interessava era a interligação das travessias (único trecho que eu ainda não conhecia), seria desgaste e sem justificativa subir a pé por caminhos que eu já percorri. Além disso, subindo de "carona" ganharíamos um dia que poderia ser usado para outras escaladas no planalto e assim o fizemos. Negociamos com a Vanessa (irmã da Sonia) e ela e seu irmão nos levariam de carro e moto até o parque.

O tempo foi passando, o irmão da Sonia não chegava e quando tínhamos praticamente perdido a esperança de retornar naquele dia, já com o começo da noite, ele chegou. Pouco tempo passou e por volta das 19h15 saíamos e às 21h15 estávamos de volta ao abrigo Rebouças onde preparei o tão esperado merecido macarrão com linguiça calabresa, azeitona e champignon. Depois disso mais um tempo de bate papo e em seguida fomos dormir pensando no que fazer no dia seguinte.

A subida e descida da Serra Negra levou cerca de 6 horas contando nossa longa pausa no cume e com ela, no dia 10/10/10 completei meu Projeto 2010, que consistia em subir 10 montanhas ainda inéditas para mim e pouco visitadas durante este ano. Desde o anúncio desse projeto, dia 12 de Junho, subi as seguintes montanhas:

- Pico Serra Negra, Serra Negra (2572m)
- Morro do Cristal, Serra Itatiaia (2552m)
- Pico Cabeça de Touro, Serra Fina (2600m)
- Morro do Tartarugão, Serra Fina (2595m)
- Pedra Cabeça de Leoa, Serra do Alambari (Itatiaia) (2483m)
- Pico da Cara de Gorila, Serra da Mantiqueira (Itatiaia) (2281m)
- Pico Médio de Friburgo, Serra dos Órgãos (2310m)
- Pico do Garrafão, Serra Sto Agostinho (2359m)
- Pedra Alta, Serra da Bocaina (2095m)
- Morro Tira Chapéu, Serra Pedra Azul (Bocaina) (2088m)

Além disso, com essa escalada completei todas as 30 montanhas mais altas do Sudeste do Brasil de acordo com o Anuário Estatístico do IBGE.

Mas o ano ainda não acabou, enquanto o clima permitir subirei ainda outras montanhas e os projetos para o ano que vem já começam a assombrar minha cabeça!

E esse relato sobre o feriado no PNI continua com o Escalada do Agulhas Negras pelas vias Bira e Chaminé dos Estudantes - com direito a um belo perrengue.

As fotos dessa viagem já podem ser vistas no link Subida da Serra Negra, Morro do Cristal e Agulhas Negras no PNI e os vídeos no link Vídeos e fotos do Morro do Cristal, Pico Serra Negra e Agulhas Negras .

- enviado por Tacio Philip às 11:06:42 de 14/10/2010.



Contato | Listar todas postagens

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- show terra celta braganca paulista
- montanhas de monte verde
- odinskriegerfest
- show guns n roses - curitiba
- pedra do camelo
- morro do urubu
- travessia couto-prateleiras
- circuito 5 lagos e morro do massena
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/16
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
4 Usuários Online (231 nas últimas 24hs)