Fanpage Tacio Philip
>
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog
- facebook

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- mapas gps
- trilhas gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
< Anterior: Escalada da Pedra do Picu - Itamonte - MG | Listar publicações | Próxima: Subida do Pico do Ataque e Pedra Focinho de Cão - Piquete - SP >

12/05/2014 15:53:15 (#492) - Parofes, um grande amigo, um grande parceiro. Saudades.

No dia 27 de Fevereiro às 16h40, depois de uma luta que acompanhei desde o seu início, meu grande amigo Parofes me mandou uma mensagem no FB dizendo:
"Cara
Pessima noticia
Nao ha mais o que fazer
Tenho de trinta a sessenta dias no maximo"

Foi como uma tijolada no peito. Conversamos durante um bom tempo, o tratamento contra a maldita leucemia tinha falhado e agora era só esperar o inevitável.

E isso foi enquanto ele ainda estava internado, depois de sua última tentativa de quimioterapia, que ele começou logo que voltamos de Itatiaia em Novembro, quando juntos pudemos subir sua última montanha, o Morro do Cristal, no PNI, parque onde deixarei com o Pedro suas cinzas, que tanto exploramos juntos e que deixou tantos projetos que não poderemos mais completar nessa parceria que durou vários anos com muitas montanhas e histórias para contar.

No começo de Março ele teve alta, fui até sua casa duas vezes, uma com a Aline e outra com o Alessandro e, mesmo naquela situação de merda (não tem outra palavra) conversamos muito, demos muitas risadas mas também não tive como não derramar muitas lágrimas. Um momento épico, mostrando como o Parofes sempre encarou a vida e estava encarando essa etapa, foi enquanto eu estava em sua casa e ele recebeu uma chamada com alguém querendo vender um plano de celular. Com seu bom humor negro de sempre, perguntou para a atendente se ela realmente queria vender um plano para alguém com leucemia terminal, ele disse que compraria, mas que não poderia pagar. Logo ela desistiu! Esse sempre foi o Parofes!!!

Depois disso ainda nos falamos várias vezes pelo Facebook e algumas por fone, sem nunca ter um adeus, só um até logo, como sempre foi entre um projeto de montanha e outro. No dia 24 de Abril recebi sua última mensagem, provavelmente postada em algum momento que estava dopado com remédios no hospital, dizendo apenas "Pp".

No último Sábado o Pedro me perguntou se eu tinha alguma notícia sobre ele, eu disse que não e então ele tentou ligar pro seu celular, que caiu na caixa postal. No final da noite o Pedro manda uma mensagem para a Lili e fica sabendo que o Parofes havia morrido. No Domingo cedo recebo a mensagem diretamente da Lili.

E foi assim, 72 dias depois do Parofes me falar que tinha de 30 a 60 dias ele deixou esse mundo. Ele sempre foi ateu, assim como eu e, em uma conversa, me disse que estava curioso em saber o que aconteceria. E agora ele sabe. E, da mesma maneira que eu penso, sei que ele partiu tranquilo, sem stress, já que sempre pensamos que morrer é fácil, triste é para quem fica. E aqui estou eu no lado ruim dessa moeda enquanto ele se diverte em Valhalla (foi muito engraçada uma conversa que tivemos sobre isso).

Não deixo nenhuma mensagem particular para ele aqui, tudo que queríamos falar um para o outro foi dito. Mas já sinto muito sua falta e um buraco com uma tristeza enorme em não ter mais sua amizade ao meu lado e em não poder mais completar nosso projeto como planejamos (o "projeto 35", que iniciamos juntos em 2009 e que para ele ficou faltando apenas 7 - se um dia eu o completar será em sua homenagem) e muitas outras montanhas que pretendíamos subir.

Mesmo assim ainda subiremos pelo menos mais uma montanha juntos. Como ele sempre quis e foi seu pedido, o Pedro e eu o levaremos (no formato de cinzas) para o Agulhas Negras, em Itatiaia, mesma montanha que já subimos nós três e que nos rendeu um belo perrengue e história. Infelizmente nessa vez uma voz faltará durante a subida, mas sua presença sempre estará em nossa memória enquanto subirmos montanhas (e sei que posso falar isso em nome do Pedro também).

Nunca dizemos adeus, não ficou nada sem ser dito, mas já sinto muito sua falta. Mais uma parte minha morreu este final de semana.

Abaixo uma foto nossa feita por ele, na borda Leste de Itatiaia, durante provavelmente nossa maior investida na região, dois anos atrás (quando os sintomas da leucemia começavam a aparecer mas ainda não tinha sido descoberta).

Texto deixado pelo Parofes, postado pela sua esposa Lili, para ser publicado depois de sua morte:
http://altamontanha.com/Colunas/4399/minha-ultima-coluna

- enviado por Tacio Philip às 15:53:15 de 12/05/2014.



< Anterior: Escalada da Pedra do Picu - Itamonte - MG | Listar publicações | Próxima: Subida do Pico do Ataque e Pedra Focinho de Cão - Piquete - SP >

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos
- Consultoria fotográfica

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- folk festival
- show helloween - pumpkins united
- show alice cooper e guns n roses
- expo nirvana
- show def leppard e aerosmith
- show bon jovi
- travessia norte-sul no caparao
- escalada em arcos
.: ver mais :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/17
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
3 Usuários Online (348 nas últimas 24hs)