Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog
- facebook

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- mapas gps
- trilhas gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
< Anterior: Pedal 100 milhas Itu-Piracicaba-Itu (163 km) | Listar publicações | Próxima: Mapa da travessia da Serra Fina para GPS Garmin >

16/08/2017 16:53:04 (#568) - Qual GPS comprar para simples marcação de pontos e cálculo de áreas

Há algum tempo fiz uma postagem sobre Qual GPS comprar para uso em caminhada, trekking, montanhismo etc. e, seguindo o mesmo formato, agora tentarei responder uma outra dúvida que recebo muito pelo meu site e nos meus cursos de GPS: Qual modelo de GPS recomendável para quem precisa de um aparelho simples, resistente, compacto, funcional e, principalmente, barato, para simples mapeamentos (marcação de pontos ou percursos) e cálculo de áreas (seja no aparelho ou posteriormente no PC com dados obtidos por ele), ou seja, um dos usos profissionais mais comuns para esse tipo de aparelho.

A primeira coisa que vale a pena ressaltar, antes de tudo, é que nenhum GPS portátil consegue a mesma precisão de mapeamento, seja para definir um simples ponto quanto para um cálculo de área, que a obtida por um topógrafo com suas estações, medições e cálculos. TODOS os GPS portáteis tem uma precisão menor e devem ser usados quando não se precisa de uma grande precisão em suas medidas/marcações. Para grandes precisões são necessários aparelhos GPS realmente profissionais e, nesse caso, eu não os conheço (mas sei que custam milhares de dólares e pesam diversos kg).

Sabendo disso, para um uso profissional, em campo, onde se deseja marcar pontos (os chamados waypoints), onde cada um terá seu nome e sua coordenada únicos (latitude/longitude/altitude) e, para medição de áreas, seja a partir de uma sequência de pontos ou a partir de um trajeto (track) percorrido, normalmente é esperado do aparelho:
- compacto (pequeno e leve);
- boa duração de bateria (e uso de bateria substituível);
- boa recepção de sinal dos satélites (para uso em locais com menos visibilidade do céu, seja em mata ou uso urbano);
- boa capacidade de armazenamento de waypoints/tracks (pontos/trilhas);
- à prova d´água, poeira, resistente;
- fácil e prático de usar;
- um bom custo benefício.

E, antes de falar sobre um modelo que satisfaz todos esses requisitos, vale lembrar que, para tal uso, normalmente o GPS NÃO PRECISA:
- memória para mapas de fundo (afinal, você estará fazendo o mapeamento);
- tela colorida (para uso simples a tela preto e branca é suficiente e isso reduz o custo do aparelho);
- bússola eletrônica (o aparelho não será usado para navegação);
- altímetro barométrico (apesar desse tipo de altímetro dar uma melhor precisão, normalmente não é necessário - mais a frente comento sobre modelo que também tem essa função).

Tendo isso em vista, um dos modelos mais básicos (se não o mais básico), da Garmin, o eTrex 10, terá tudo que você precisa e por um preço mais que acessível.

O eTrex 10, versão atual mais moderna e com mais recursos que o antigo eTrex "amarelinho", é um GPS simples, com tela preta e branca, funcionamento com duas baterias AA (pilha comum ou recarregável), leve, compacto, resistente e com memória para 1000 waypoints (pontos) e 100 tracks (trajetos) com 10000 pontos cada. Tudo isso por um ótimo custo e com um receptor GPS com a mesma sensibilidade que modelos mais avançados.

Além disso, diferente do antigo eTrex "amarelinho", o eTrex 10 incorporou uma função que só era encontrada nos aparelhos mais completos (e caros): a possibilidade de cálculo de área, no próprio GPS, a partir de um perímetro percorrido com o aparelho, uma função que é muito desejada e usada por quem faz esse tipo de trabalho (essa, e muitas outras funções, explico no meu Vídeo Cursos GPS).

E, assim como os outros aparelhos, ele também pode ser conectado via USB ao computador para que os dados coletados (waypoints e tracks) possam ser baixados e, posteriormente, usados em softwares de mapeamento GIS, sobrepostos em cartas topográficas, visualizados no Google Earth etc.

Esse tipo de uso, mais avançado, é uma das muitas coisas que eu ensino nos meus cursos de GPS. Atualmente existe até uma versão em vídeo curso, assim a pessoa pode acessar (e aprender) de onde estiver, dê uma olhada no que é abordado.

Mas, voltando ao tema, e concluindo a postagem, hoje, 16 de agosto de 2017, se eu fosse comprar um novo GPS para uso em mapeamento e sem ter que investir muito, sem dúvida seria um eTrex 10. Agora, caso você queira também a possibilidade de ter mapas de fundo no aparelho, seja um mapa de ruas ou um mapa topográfico, ai você pode optar pelo eTrex 20x. Se você ainda precisar de altímetro barométrico, ai será necessário a versão top de linha da série, o eTrex 30x. Operacionalmente, são basicamente todos iguais. Neste link um comparativo dos modelos eTrex (no site da Garmin).

Então, fechando a conversa, se você quer um GPS Garmin (nem cogito em outra marca ou app para celular) para simples marcação de pontos e tracks, pode ir sem medo no eTrex 10.

Alguns locais com bom preço (e confiáveis) onde você encontra o eTrex 10 (ou outros modelos):
- ePortateis
- Americanas
- Submarino
- Ricardo Eletro
- Extra
- Wallmart
- Casas Bahia

E, se quiser realmente aprender a explorar o potencial que um aparelho GPS te proporciona, dê uma olhada no meu Vídeo Curso GPS: Operação, tratamento de dados e planejamento de roteiros. Garanto que ensino mais coisa do que você imaginava ser possível com um simples aparelho GPS em mãos e um computador ;-)

Espero que essa dica seja útil. Não esqueça de dar uma curtida na postagem, compartilhar com seus amigos que possam estar precisando desse tipo de informação e, se tiver dúvidas, deixe aí embaixo nos comentários que tentarei respondê-las.


Vídeo Curso GPS: Operação, tratamento de dados e planejamento de roteiros

- enviado por Tacio Philip às 16:53:04 de 16/08/2017.



< Anterior: Pedal 100 milhas Itu-Piracicaba-Itu (163 km) | Listar publicações | Próxima: Mapa da travessia da Serra Fina para GPS Garmin >

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- show alice cooper e guns n roses
- expo nirvana
- show def leppard e aerosmith
- show bon jovi
- travessia norte-sul no caparao
- escalada em arcos
- reabertura de trilha na serra do lopo
- escalada pedra amarela
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/17
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
9 Usuários Online (378 nas últimas 24hs)