Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
Contato | Listar todas postagens

15/02/2017 17:59:27 - Qual GPS comprar para uso em caminhada, trekking, montanhismo etc.

Como já faz um bom tempo que tenho esse site e, há muito tempo, posto tracks e waypoints de GPS de trilhas (além de ter também cursos de GPS presenciais e online), quase toda semana recebo mensagens perguntando: "Que modelo compacto de GPS devo comprar para uso em trilhas (trekking, montanhismo, escalada etc.)?". Então resolvi fazer essa postagem.

Em primeiro lugar, pensando em caminhadas (seja de um dia ou mais) temos que levar em consideração:
- equipamento compacto (pequeno e leve);
- boa duração de bateria (e uso de bateria substituível);
- boa recepção de sinal dos satélites (para uso em trilhas mais fechadas em mata);
- boa capacidade para mapas (hoje em dia existem mapas que já possuem trilhas neles);
- boa capacidade de armazenamento de waypoints/tracks (pontos/trilhas);
- bússola e altímetro barométrico independentes do sinal GPS;
- à prova d´água, poeira, resistente;
- fácil e prático de usar.

O meu primeiro modelo de GPS, comprado em uma viagem pra Ciudad del Este (Paraguai) em 2001, foi um antigo Garmin eTrex Vista. Na época era até um exagero comprar um GPS que aceitasse mapas (os mapas do Brasil eram MUITO precários) mas, hoje em dia, não recomendo ninguém a comprar um GPS que não aceite mapas. Usei esse GPS por um bom tempo até que ele literalmente começou a desmontar de tanto uso (mas durou uns bons anos).

Depois dele peguei um map60csx, um modelo com características "funcionais" semelhantes mas com tela maior, tela colorida, recepção melhor (a Garmin tinha lançado essa nova linha de GPS com um sensor melhor), memória expansível para mapas (o que já passava a valer a pena por causa de mapas do tracksource) e uma configuração que achei muito interessante: poder salvar os tracks a medida que os dias se passavam, em formato gpx, no cartão de memória, o que acabava com a limitação de memória do número de pontos em um track a serem armazenados no aparelho (o que significa poder fazer uma viagem de 1 ano e ter armazenado no aparelho todos os caminhos percorridos, por exemplo).

O Garmin map60csx eu uso até hoje, só que agora só no carro (com o tempo e muito uso a carcaça dele começou a abrir e, para não arriscar pegar uma chuva e ele "morrer" de vez, o aposentei das trilhas e agora ele é meu guia no painel do carro (onde não chove) :-)

E agora chegamos à recomendação final da postagem. Depois de contar esse meu histórico chegamos ao GPS que uso atualmente (há uns 3 anos), o eTrex 30, que veio em uma série nova (etrex 10, 20 e 30) para substituir os etrex antigos.

Essa linha de GPS, além de muitas funções úteis para quem faz caminhada, veio com mudança de sistema operacional, o que foi estranho para mim que estava acostumado com o sistema anterior mas, hoje em dia, vejo que é muito prático e funcional. Ele tem uma excelente recepção (inclusive pegando sinal tanto dos satélites americanos GPS quanto dos russos Glonass), é pequeno, mais leve que o map60csx (mas tem todas as funções do outro modelo - e mais), a bateria dura bastante (usa 2 baterias AA - eu uso recarregáveis mas você pode usar qualquer pilha AA, o que é bom no caso de fazer alguma viagem muito longa e sem acesso a carregadores), em média, dois dias longos de caminhada (umas 20 horas de uso), aceita mapas tanto na memória interna quanto em cartão de memória e realmente nunca me deixou na mão (mas é importante saber usar e nunca esquecer baterias extra).


Tela do computador de viagem do eTrex 30 depois de abrir a trilha para o Pico da Gomeira

Lembro inclusive, uma vez, em Nova Friburgo, quando subia o Pico Médio e acabaram minhas baterias. Sem muitas opções fiz uma adaptação com papel alumínio e consegui ligar duas pilhas AAA que peguei com um parceiro de caminhadas. As baterias não duraram muito, mas foi o suficiente para eu conseguir mapear a trilha da montanha (isso é quase um vídeo para mim, gosto muito de mapear os caminhos que faço a pé, de bike, para escalar, de carro e depois poder vê-los sobre um mapa, uma carta topográfica ou até sobre o Google Earth). Esse tipo de uso, mais avançado, é o que eu ensino nos meus cursos de GPS. Atualmente existe até uma versão em vídeo curso, assim a pessoa pode acessar (e aprender) de onde estiver, dê uma olhada no que é abordado.

Mas voltando ao tema, concluindo a postagem, hoje, 15 de fevereiro de 2017, se eu fosse comprar um novo GPS, sem dúvida, seria um eTrex 30x. Agora qual a diferença do eTrex 30 (que eu uso) para o eTrex 30x? Tela com maior resolução e mais memória. Operacionalmente é igual.


Tela do eTrex 30 mostrando perfil de altitude depois da travessia da Serra Fina em 1 dia

Então, fechando a conversa, se você quer um GPS Garmin (nem cogito em outra marca ou app para celular) ótimo para caminhada, montanhismo, escalada e até para uso na bike (por não ter um específico eu uso o meu também na bike), pode ir sem medo no eTrex 30x. Além disso, ele é um modelo com um bom custo quando comparado a outros modelos, da mesma marca, com as mesmas funções.

Alguns locais com bom preço (e confiáveis) onde você encontra o eTrex 30 (ou outros modelos):
- ePortateis.com.br
- Ricardo Eletro
- Extra.com.br
- Wallmart

E se quiser aprender a explorar realmente o potencial que um aparelho GPS te proporciona, dê uma olhada no meu Vídeo Curso GPS: Operação, tratamento de dados e planejamento de roteiros. Garanto que ensino mais coisa do que você imaginava ser possível com um simples aparelho GPS em mãos e um computador ;-)

Espero que essa dica seja útil. Não esqueça de dar uma curtida na postagem, se tiver dúvidas deixe aí embaixo nos comentários e compartilhar com seus amigos que possam estar precisando desse tipo de informação.


Vídeo Curso GPS: Operação, tratamento de dados e planejamento de roteiros

- enviado por Tacio Philip às 17:59:27 de 15/02/2017.



Contato | Listar todas postagens

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- show terra celta braganca paulista
- montanhas de monte verde
- odinskriegerfest
- show guns n roses - curitiba
- pedra do camelo
- morro do urubu
- travessia couto-prateleiras
- circuito 5 lagos e morro do massena
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/16
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
5 Usuários Online (252 nas últimas 24hs)