Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog
- facebook

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- mapas gps
- trilhas gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
< Anterior: Subida da Pedra Bonita em Gonçalves | Listar publicações | Próxima: Big 1000 São Bento do Sapucaí I e Visual das Águas >

07/05/2015 15:10:23 (#519) - Subida do Marinzinho via Marmelópolis

Depois da subida da Pedra Bonita em Gonçalves, no dia 1º de Maio, a Lorena e eu almoçamos em São Bento do Sapucaí e seguimos nosso caminho rumo Marmelópolis - MG.

Apesar de longa a viagem foi tranquila e, por volta das 14h, estávamos estacionados na Pousada e Camping do Djalma (RECOMENDO!), onde ficaríamos acampados até o dia seguinte.

Com o chegar da noite (e junto o frio e sono) preparamos nosso rápido jantar (só aquecer um feijão e arroz carreteiro prontos na embalagem), comemos e logo fomos dormir, antes das 20h!

No dia seguinte acordamos cedo, tomamos nosso café da manhã e logo estávamos prontos pra subir o Marinzinho, pico vizinho ao Marins, por uma trilha que segue direto para ele. Começamos a andar às 7h, com a companhia do Djalma até a estrada e do Pretinho e dois de seus filhotes.

O começo da caminhada poderia ter sido poupado, subindo um pouco mais por estrada de carro, mas foi bom porque serviu para aquecer as pernas (e também aumentar um pouco o desnível da subida). Fomos seguindo sem pressa, parando para algumas fotos e, 50 min depois, estávamos no começo da trilha.

De lá o caminho segue por trilha bem aberta em mata fechada e depois de uns 30 minutos de subida tem uma bifurcação, que de um lado segue direto para o Marinzinho e do outro passa por um ponto de água e pela Pedra Montada, que foi a nossa opção.

A Pedra Montada é um bloco gigante que pode ser contornado mas ainda não foi escalado (e olhando acho que só em artificial fixo daria). Nesse ponto fizemos uma breve pausa para lanche, mais umas fotos e seguimos caminho para cima, juntando logo na trilha para o Marinzinho.

Continuamos a subida, logo encontramos o Gernot, que havia passado a noite no cume e com o passar do tempo e as nuvens chegando a trilha em mata passou a seguir em lajes e trepa pedras até que, às 10h20, estávamos no cume do Marinzinho eu, a Lorena e o Pretinho (os dois filhotes tinham desistido perto do Mirante São Pedro).

No cume comemos, vimos algumas pessoas que seguiam a travessia Marins-Itaguaré passar e com o frio e vento nos castigando, logo começamos a descer. Por ser uma subida tranquila e termos bastante tempo, cheguei a pensar em fazer uma meia travessia subindo pelo Marinzinho e descendo pelo Marins, o que dá pra ser feito tranquilamente em um dia. Entretanto, com visual zero para apreciar a paisagem e muito frio e vento, seria só sofrimento então desistimos da ideia.

A descida foi super tranquila, agora sem passar pelo desvio da Pedra Montada, encontramos ainda dois casais subindo e, às 13h, estávamos de volta no camping do Djalma, depois de exatas 3h de nossa saída.

No camping falei com o Djalma para ver se ainda dava tempo de termos um almoço (na saída não tínhamos deixado avisado porque não sabíamos que horas voltaríamos se fossemos fazer a mini travessia) e depois de algum tempo estávamos comendo um ótimo arroz, tutu de feijão, couve e linguiça, tudo que precisávamos para repor as energias, enquanto o Du (filho do Djalma) dava uma "meio" lavada no meu carro (com os pagamentos ele pretende comprar uma bike) :-)

Alimentados, com o acampamento desarmado e tudo no carro nos despedimos e logo seguimos a longa estrada de volta. Mesmo ainda sendo Sábado, achamos melhor voltar direto para Capivari e assim aproveitar o Domingo para descansar. Os mais de 400km de estrada foram super longos mas, no começo da noite, estávamos em Capivari para o merecido descanso.

No dia seguinte só passeios e comida pela cidade e, na 2ª, estrada de volta pra São Paulo.

Para quem quiser fazer uma boa trilha bate-volta, com um bom desnível (1100m), o Marinzinho via Marmelópolis é uma ótima pedida. E recomendo usar como base a Pousada e Camping do Djalma, que além de super atencioso, nasceu e viveu sempre por lá, conhecendo muito melhor a região que o "famoso" (e chato) Maeda.

Algumas fotos estão no link Marinzinho via Marmelópolis.

- enviado por Tacio Philip às 15:10:23 de 07/05/2015.



< Anterior: Subida da Pedra Bonita em Gonçalves | Listar publicações | Próxima: Big 1000 São Bento do Sapucaí I e Visual das Águas >

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- travessia norte-sul no caparao
- escalada em arcos
- reabertura de trilha na serra do lopo
- escalada pedra amarela
- show king diamond
- serra do lopo via joanopolis
- show terra celta braganca paulista
- montanhas de monte verde
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/17
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
5 Usuários Online (281 nas últimas 24hs)