Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog
- facebook

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
< Anterior: Drogas e escalada... uma mistura autossabotadora | Listar publicações | Próxima: Travessia Marins - Itaguaré com parte à noite e muita chuva >

13/04/2009 15:35:00 (#190) - Pico Paraná, Pico Caratuva e Pico Itapiroca

Nos últimos dias estive com a Paulinha na Serra do Mar paranaense para subir algumas de suas montanhas. Subimos durante dois dias de caminhada pela região o Pico Paraná, ponto culminante da região Sul do país e também os picos Caratuva e Itapiroca.
No dia 9 saímos de São Paulo quase na hora do almoço e depois de uns 370 km de estrada pela ruim e agora pedagiada Regis Bittencourt (BR116) chegamos a fazenda Pico Paraná. Na fazenda logo armamos nosso acampamento, fizemos o jantar e fomos dormir colocando o despertados para às 6hs da manhã.
Na Sexta-feira, dia 10, acordamos com o despertador e bem devagar tomamos o café da manhã e acabamos de arrumar as tralhas para a caminhada. Saímos do acampamento e começamos a subida às 8hs por uma trilha super aberta e sem possibilidade de engano. Fomos subindo, subindo e subindo fazendo poucas pausas para descanso e algumas outras poucas para fotografar e logo estávamos na bifurcação que divide as trilhas do Pico Paraná e do Caratuva, que sai à esquerda e é marcada com umas fitas amarelas.
Seguimos pela trilha do Caratuva, mais fechada que a trilha anterior mas ainda assim bem demarcada e sem ter como errar e às 11hs estávamos no seu cume apreciando a vista do Pico Paraná e comendo um lanche. Lá ficamos pouco mais de meia hora e logo começamos sua descida em direção ao Pico Paraná. No início saímos um pouco da trilha tendo que voltar alguns metros até achar sua principal que começa em meio a um mar de Caratuvas e depois entra em mata fechada com árvores maiores. Apesar de não tão aberta não tivemos muito problema durante a descida. A trilha segue pequena mas aberta o suficiente para ser seguida e quando começaou a fechar de vez fomos seguindo pelo leito de um rio quase seco onde aproveitamos para pegar um pouco mais de água. No final ela saiu na trilha principal do Pico Paraná pouco antes do seu último ponto de água, próximo do acampamento 1.
Como já estava ficando tarde e muita gente havia subido para acampar no Pico Paraná (e nós tínhamos "perdido" tempo subindo o Caratuva antes), achamos mais sensato deixar já no acampamento 1 nossa baraca e sacos de dormir, esconder uma das mochilas com fogareiro, comida e roupas e subir mais leves até o cume do Pico Paraná e voltar no mesmo dia ao acampamento. E assim seguimos saindo do acampamento às 15h20 chegando no cume do Pico Paraná duas horas mais tarde.
No cume assinamos o livro, fizemos algumas fotos e logo começamos a descer. Durante as outras duas horas de descida e retorno para o acampamento apreciamos um belo Pôr do Sol com mar de núvens e depois de recuperar a mochila escondida chegamos ao nosso acampamento por volta das 18h30 totalizando nesse dia 10h30 de caminhada, 12,3 km percorridos e 1.519 m de desnível de subida e 970 m de descida (meu record de desnível em apenas um dia)! No acampamento fizemos o jantar e logo fomos dormir.
No dia seguinte, Sábado, acordamos com o despertados 6h30 e novamente devagar tomamos o café da manhã e arrumamos nossas coisas. Iniciamos a caminhada pouco depois das 8hs e seguimos pela trilha principal até a bifurcação para o Pico Itapiroca, o qual subimos até seu cume também.
No cume do Itapiroca mais umas fotos, assinamos o livro de cume e começamos a descida rumo a Fazenda Pico Paraná. A descida foi tranquila com poucas pausas e às 13hs estávamos no carro trocando de roupas. Na sequência foi só jogar tudo no porta malas e, aproveitando que era cedo, pegar a estrada de volta para São Paulo sem arriscar pegar o trânsito de final de feriado que poderia ter no dia seguinte.
O retorno foi tranquilo com apenas uma pausa para almoçar e no começo da noite estávamos em casa, cansados mas satisfeitos pelos 3 cumes alcançados nos dois dias de caminhada.
As fotos já estão disponíveis no link Pico Paraná e arredores e para download os arquivos para GPS das trilhas percorridas.

- enviado por Tacio Philip às 15:35:00 de 13/04/2009.



< Anterior: Drogas e escalada... uma mistura autossabotadora | Listar publicações | Próxima: Travessia Marins - Itaguaré com parte à noite e muita chuva >

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- travessia norte-sul no caparao
- escalada em arcos
- reabertura de trilha na serra do lopo
- escalada pedra amarela
- show king diamond
- serra do lopo via joanopolis
- show terra celta braganca paulista
- montanhas de monte verde
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/17
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
6 Usuários Online (379 nas últimas 24hs)