Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
Contato | Listar todas postagens

23/07/2011 16:02:28 - Escalada da via No Mundo da Lua no Pontão do Sol do Pico Maior de Friburgo, Salinas - PE 3 Picos

Ontem, depois de termos tido um dia de descanso depois da escalada da via Arco da Velha, no dia 20, no Pico Maior de Friburgo, resolvemos escalar alguma via no Pontão do Sol.

Acordamos cedo, pouco antes das 7h, tomamos nosso café da manhã e seguimos de carro até o Mascarin, ponto mais alto onde se chega de carro. De lá seguimos caminhando para a base do Pontão do Sol (cerca de 1h de caminhada) e resolvemos entrar na via Segredo do Sol D3 6o VIIa E3 280m. Como o acesso a base dessa via é um pouco chato, decidimos fazer uma variante que sai do mesmo platô das vias Sol Celeste e No Mundo da Lua.

O começo dessa variante é bem tranquila, começa por uma travessia horizontal, passa por um grampo P (provavelmente usado para acessar a base da trilha para a via) e continua seguindo sempre em diagonal, quase horizontal, para a esquerda. Eu fui seguindo e, pelo croqui, eu deveria seguir para cima assim que eu chegasse em uma fenda, e assim o fiz. Logo que cheguei em uma fenda consegui colocar uma proteção meio duvidosa e comecei a ir para cima. Pouco tempo depois a fenda acaba, segui por alguns abaulados e logo mais uma fenda rasa e aberta, onde mal consegui colocar outra peça (e que não sei se seguraria uma queda).

O caminho foi piorando e depois de algum tempo vi na minha direita a 1a. parada e um outro grampo P da via Sol Celeste e, pouco para minha esquerda, acima, um outro grampo P, onde achei que fosse a 1a. parada da via.

Continuei a escalada por alguns outros lances tensos e logo estava no grampo P. De lá dei seg para o Pedro que logo se juntou a mim e depois saiu escalando para cima à procura das próximas proteções da via.

Mas o que aconteceu é que estávamos no lugar errado! A travessia devia ter sido feita continuando por baixo até uma fenda com mato ao lado, não a fenda que eu havia escalado. Com isso, mesmo tendo intensionalmente esse P há 60m da base das vias, eu havia escalado uma enfiada de 5o. E4, ou seja, muito exposta! E, para piorar, achando que estávamos na parada certa o Pedro subiu uns 10m em lance totalmente exposto, sem uma proteção sequer, até termos certeza que estávamos no lugar errado e ter que desescalar um bom trecho e fazer uma travessia até um dos grampos da Sol Celeste.

Vendo que estávamos errados conseguimos ver onde a via Segredo do Sol realmente estava (a uns 15m a nossa esquerda estava a canaleta da sua 2a. enfiada) e tentei inclusive fazer uma travessia até ela, caminho que desisti na metade pela exposição e incerteza se eu chegaria mesmo até a fissura.

De volta à parada decidimos descer e entrar em algo mais light, o nosso psicológico já tinha sido afetado e continuar nessa via seria apenas stress, não curtição. De volta ao chão fizemos então um lanche e entramos na via No Mundo da Lua D2 4o. V+ E3 300m, uma linda via que começa com lances em aderência e segue por 6 longas enfiadas até o topo do Pontão do Sol, com lances de todos os tipos, desde aderências, agarrões, cristais, fendas etc etc etc.

Essa subida foi rápida e logo chegamos em sua parada final, onde fizemos uma foto e começamos a descer (o clima estava mudando rapidamente e núvens começavam a nos rodear). A escida foi tranquila até o 4o. rapel quando, ao puxar a corda, ela se enroscou em uma laca e tive que escalar até lá para liberá-la (e era em um lance fora da via e razoavelmente exposto). Tirando isso o resto foi tranquilo e 2 rapéis depois estavamos no chão fazendo outro lanche e descendo a trilha até o carro.

De volta ao carro mais 20 min de quase-trilha até o abrigo e em seguida o merecido jantar, banho e cama.

Hoje acordamos cedo - como sempre - e logo o Pedro sugeriu descansarmos um pouco mais e só escalar algo light de tarde, eu, como também estou sentindo o cansaço de tantos dias escalando, logo topei. Poucos minutos depois o Pedro levantou e disse que tínhamos outro motivo para não escalar: estava chovendo!

Hoje choveu o dia todo - uma garôa fina que vai e volta - e ficamos no abrigo ajudando o Sérgio na produção de cerveja artesanal, fomos almoçar aqui perto e depois mais um tempo enrolando, vendo filme, mexendo no computador etc. Agora dependemos da melhora do clima para ir para a próxima via, vamos ver se amanhã acordamos com tempo seco.

Veja no link Escalada Pontão do Sol - Salinas algumas fotos.

- enviado por Tacio Philip às 16:02:28 de 23/07/2011.



Contato | Listar todas postagens

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- montanhas de monte verde
- odinskriegerfest
- show guns n roses - curitiba
- pedra do camelo
- morro do urubu
- travessia couto-prateleiras
- circuito 5 lagos e morro do massena
- pico das agulhas negras
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/16
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
5 Usuários Online (248 nas últimas 24hs)