Fanpage Tacio Philip
>
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog
- facebook

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- mapas gps
- trilhas gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
< Anterior: Pedra do Selado em Monte Verde | Listar publicações | Próxima: CURSO: Conceitos Básicos de Fotografia - Pay-what-you-want >

04/01/2011 20:54:47 (#376) - Reveillon molhado no planalto do Parque Nacional do Itatiaia

Na 5ª feira cedo, depois de buscar o Flávio Varricchio na estação São Judas do metrô às 7h (ele veio do RJ de madrugada para aproveitar a carona), ele, a Paula, Gabriel e eu seguimos estrada rumo ao PN Itatiaia.

A viagem foi tranquila, fizemos apenas uma pausa no Arco Íris de Roseira e depois no Pão de Queijo de Engenheiro Passos onde nos encontramos com o Alessandro, Fernanda e Isabela, seguindo juntos até a portaria 3 (planalto) do PN Itatiaia, onde chegamos por volta das 11h.

Na portaria demos entrada no parque, mostramos a reserva para o Abrigo Rebouças e logo depois de estacionar os carros e colocar as mochilas nas costas seguimos a caminhada até o abrigo. Logo que chegamos ao abrigo nossa primeira surpresa: onde está o botijão de gás? Andamos pelo abrigo procurando e logo vimos que não tinha mesmo. Sem ter o que fazer, o Ale, Flavio e eu encaramos novamente os pouco mais de 2 km até a portaria onde o Guilherme, um dos atendentes, não sabia explicar onde estava o gás, se havia gás, se o abrigo não fornecia mais ou o que quer que seja. Resumindo: ou ele não sabia nada mesmo ou só quis dar uma de desavisado e só falava "não é minha culpa".

Conversa vai, conversa vem, o erro foi do Parque por não informar que o abrigo não fornecia mais gás e, depois de simular que havia falado com alguém da parte baixa (acreditamos isso porque ele pediu que fossemos até outro local para tentar ligar do celular porque o radio não funcionava e depois apareceu dizendo que já tinha falado com a parte baixa) ele disse que podia nos ajudar emprestando um botijão de gás, a única coisa que precisaríamos fazer era descer até Itamonte, comprar o gás e voltar. Simples, 14 km de estrada de terra em péssima condição e mais uns 20 km em estrada sinuosa até lá!

Sem muita opção e já começando a ficar irritados (mas isso não impediria que curtíssemos o reveillon por lá) decidimos descer para buscar o gás enquanto o Flávio voltava para o abrigo para informar o ocorrido. Com o botijão no carro descemos fazendo uma pausa para perguntar para o Luiz (quem cuida da parte alta) na Casa de Pedra (que informa ser apenas de uso oficial mas ele não se encontrava e seu pai estava hospedado para passar o final do ano). De lá mais um pouco de estrada (divertida por sinal, eu gosto de dirigir em estrada de terra) e logo estávamos em Itamonte comprando o gás.

De volta a estrada subimos fazendo apenas uma pausa para ver como estava o antigo hotel Alsene (arrombado, abandonado e depredado - veja o vídeo abaixo) e chegamos então novamente na entrada do parque onde o Guilherme disse que não liberaria o carro para levar o botijão até o abrigo e que tínhamos que levar a pé (ou melhor, ele quis dar uma de bonzinho depois e falou que liberaria assim que todos fossem embora do parque, o que seria depois de umas 2h, mas não iamos ficar esperando tanto tempo por uma esmola dessas). Com tudo isso, e com o botijão em mãos o Ale e eu começamos novamente a caminhada até o abrigo, só que agora carregando o botijão! A ida foi lenta e dolorida mas correu tudo bem, já no final da tarde estávamos ligando o gás e ignorando o fato do atendimento tosco e desorganização do parque para não estragar nossa viagem.

Alsene totalmente abandonado e depredado no PN Itatiaia

Tirando o ocorrido o resto dos dias foram tranquilos, tirando as chuvas! No dia 31 chegaram também o Gustavo, Renata e Cristiane e, depois de passar quase o dia todo no abrigo (onde colocamos algumas fotos de Itatiaia como decoração nas paredes da sala de jantar) e proximidades fazendo algumas fotos macro, às 16h, já louco por estar preso sem subir montanhas, falei com a Paula e dei a idéia de subirmos a Pedra do Altar. Rapidamente nos arrumamos e às 16h15 começamos a caminhada com o tempo nublado e em menos de 1h estávamos no seu cume fazendo algumas poucas fotos. De lá seguimos para o "Altarzinho" (chamada assim pelo Parofes), montanha próxima do Altar de onde pode-se ver o abrigo, Altar, a estrada e muito mais se o tempo não estivesse ficando cada vez mais fechado.

No Altarzinho uma breve pausa e decidimos então descer direto para a trilha principal de acesso ao Agulhas seguindo por algumas lajes de pedra, o que não durou muito e deu um pouco de trabalho ao ter que atravessar um trecho com pedras altas e mato de bambus, mas tudo correu bem e com a última luz do dia e já embaixo de forte garôa chegamos ao abrigo.

Descida do "altarzinho" para o abrigo Rebouças - roubada!

No abrigo, sem perder tempo fiz uma declaração inédita para todos, o que surpreendeu algumas pessoas como o Ale, Flávio e Fernanda que já estiveram no Rebouça comigo em outras ocasiões: "vou tomar banho!". Era aquela hora ou nunca, aproveitei o corpo quente e sem pensar muito fui sofrer embaixo da água gelada do abrigo (aproveitei até pra lavar o cabelo!).

No final da noite preparamos o jantar e ficamos batendo papo até pouco depois da meia-noite, quando abrimos uma champagne (de R$3,00, claro) e fomos dormir ouvindo a forte chuva que caia.

No dia seguinte acordamos ainda com muita chuva e ficamos praticamente o dia todo no abrigo. E o clima continuou assim até o dia seguinte, quando antes da hora do almoço arrumamos nossas mochilas e fizemos embaixo de uma forte garôa a caminhada até o carro. O Ale, Paula e eu fizemos ainda duas viagens, aproveitando para ajudar quem estava mais cansado e, depois de sairmos pela portaria onde o pessoal que realmente mostra ter algum interesse no trabalho no parque e são realmente atenciosos (Sidney e Marcelo, esses estão realmente de parabéns e são muito prestativos) comentaram sobre o ocorrido e então seguimos nosso caminho de volta fazendo uma merecida pausa para Pastel, Milho Verde e mel na Garganta do Registro.

De lá uma outra breve pausa no Pão de Queijo de Engenheiro Passos, o Flávio ficou por lá de onde seguiu para o Rio e depois para Petrópolis enquanto a Paula, Gabriel e eu seguimos de volta para São Paulo, os deixando em sua casa por volta das 19h30, uma hora mais tarde do que o previsto se não tivesse trânsito algum mas mesmo assim o retorno foi tranquilo, com apenas um pouco de trânsito por causa da chuva forte quando estávamos já próximos de São Paulo.

Mesmo tendo que carregar um botijão de gás por mais de 2 km e com o clima que não colaborou nem um pouco (assim como o Guilherme da portaria), passar 4 dias no Abrigo Rebouças sempre é divertido, principalmente com um pessoal nota 10. Além disso é sempre bom fujir da muvuca de reveillon e passamos a virada do ano a 2300 m de altitude sem ouvir sequer um estalinho de fogos de artifício!

E o ocorrido sobre o gás não acabou. Ainda estamos em contato com o parque tentando saber quem é o responsável pelo ocorrido e o responsabilizar (e no mínimo ser reembolsados pelo que gastamos na ida até Itamonte e troca de botijão - mas não temos muita esperança). Assim que tivermos uma posição postarei por aqui com muito mais detalhes tudo que tem acontecido no PNI.

E algumas fotos já estão disponíveis no link Reveillon no planalto do Parque Nacional do Itatiaia.

- enviado por Tacio Philip às 20:54:47 de 04/01/2011.



< Anterior: Pedra do Selado em Monte Verde | Listar publicações | Próxima: CURSO: Conceitos Básicos de Fotografia - Pay-what-you-want >

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos
- Consultoria fotográfica

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- pico do selado - monte verde
- folk festival
- show helloween - pumpkins united
- show alice cooper e guns n roses
- expo nirvana
- show def leppard e aerosmith
- show bon jovi
- travessia norte-sul no caparao
.: ver mais :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/17
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
7 Usuários Online (343 nas últimas 24hs)