Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
Contato | Listar todas postagens

07/09/2009 23:46:00 - Trekking ao campo base Condoriri e subida do Tarija

No último dia 4, Sexta-feira, eu e o Alcides saímos cedo e fomos para o Condoriri. Depois de cerca de 2 hs de viagem de La Paz chegamos ao povoado de Tuni onde logo contratamos o serviço de mulas para levar nossos equipamentos e alimentos até o acampamento base.

Iniciamos a caminhada junto com as mulas e durante todo o caminho, cerca de 9 km, aproveitamos para muitas fotos e depois de 2h30 de caminhada em uma linda paisagem ao redor das represas de Tuni e do Condoriri estávamos ao lado da lagoa Chiar Khota no acampamento base montando nossa barraca.

Montamos nosso acampamento, buscamos água e logo fomos preparar nosso jantar. A temperatura já começava a cair e logo depois do nosso macarrão entramos nos sacos de dormir e fomos descansar. A noite foi tranquila e nós só tínhamos duas preocupações: acordar cedo para subir a montanha e tomar cuidado com nosso equipamento já que mais de uma pessoa havia nos precavido sobre roubos que tem acontecido em acampamentos base na Bolívia enquanto os escaladores sobem as montanhas (a Bolívia não é mais a mesma, além dessa preocupação ridícula no acampamento base na cidade de La Paz agora é fácil te oferecerem marijuana). É realmente lamentável, essa raça de fdp drogado está por toda parte!

No dia seguinte acordamos por volta das 3 hs e depois de um lento café da manhã e organizar as coisas iniciamos nossa caminhada às 5 hs da manhã com uma temperatura de -8 graus sem sequer precisar usar nossas headlamps por causa da lua cheia que iluminava todo o caminho. O início da caminhada foi bem tranquila e depois de 45 min estávamos na base do glaciar colocando nossos crampons e começando a sua subida (eu estava com saudades do som das pontas de aço dos crampons no gelo).

Continuamos subindo e subindo, depois de uns 30 min tive que fazer uma boa pausa para aquecer as mãos e descansar (durante a subida desse tipo de montanha vou concentrado na respiração e se começo a sentir muito frio nas mãos me desconcentro, perco o ritmo e me canso tendo que parar para me recuperar). Alguns minutos se passaram enquanto eu descansava sentado na neve e logo depois continuamos a subida enquanto víamos os primeiros raios de Sol iluminar o cume de algumas montanhas.

A subida é longa e constante e perdemos um pouco de tempo quando chegamos ao campo de gretas que se mostrava muito mais intimidador que da última vez que lá estivemos. Até esse momento não tinhamos sequer nos encordado, levando apenas a corda na mochila, mas como vimos que para atravessar uma grande greta teríamos que passar por uma ponte de gelo achamos melhor montar uma segurança e foi o que fizemos. O Alcides ficou pouco abaixo da ponte, em uma posição estável enquanto eu subia encordado atravessando aquela ponte e torcendo para que ela não caisse. Logo em seguida uma outra greta, essa mais tranquila e a uns 30 metros do Alcides montei uma parada usando os piolets e dei a segurança para que ele se juntasse a mim.

Fizemos mais uma longa parada para descansar, bebemos algo e depois mais um pouco de caminhada, agora uma das partes mais inclinadas que nos levou até a crista final do Tarija de onde pudemos mais uma vez admirar o Pequeño Alpamayo, a montanha mais bonita que vi até hoje!

Ficamos um bom tempo tirando fotos na crista e logo depois subimos seu lance final, quase todo em rocha, até o seu cume a 5366m de altitude. Lá mais uma longa pausa para fotos e para olhar a lagoa de onde saímos de madrugada bem ao fundo e em seguida voltamos para a crista nevada onde haviamos deixado as mochilas para um merecido lanche.

Mais alguns muitos minutos se passaram e mesmo nossa idéia inicial tendo sido escalar o Pequeño Alpamayo estávamos felizes por termos ido até o Tarija e quem sabe a outra montanha não fique para uma próxima tentativa. Mais algumas fotos e então começamos a longa descida de volta ao nosso acampamento às 11h30 da manhã.

A descida, como era de se esperar, foi muito mais rápida que a subida e por volta das 13hs estávamos sentados nas rochas no final do glaciar nos desequipando, comendo e descansando antes de terminar a caminhada até o acampamento onde depois de um bom descanso preparamos nosso jantar e fomos dormir.

A segunda noite no acampamento foi bem mais fria que a anterior. Durante a madrugada o relógio dentro da barraca chegou a marcar -4 graus (então fora deve ter chego a -15 mais ou menos) e quando acordamos havia uma boa camada de gelo nas suas paredes e teto. Nesse momento, como vimos que não estávamos nas melhores das condições e que não seria possível para nós dois escalarmos a Cabeza del Condor decidimos tentar voltar para La Paz nesse mesmo dia.

Saímos da barraca e logo fomos falar com os muleiros sobre a possibilidade de descermos para Tuni naquele dia. As primeiras conversas não foram animadoras mas logo nos disseram para ficarmos prontos ao meio dia que teriam mulas pra levar nosso equipamento para baixo.

Passamos a manhã arrumando lentamente as coisas, conversando, fazendo algumas fotos, almoçamos e por volta do meio dia deixamos parte da bagagem para ser levada pela mula (uma parte tivemos que carregar já que só havia uma mula disponível) e começamos a caminhada de volta a Tuni.

Nosso retorno levou o mesmo tempo que nossa subida - aproveitamos também para muitas fotos - e chegando em Tuni conseguimos direto um transporte com um guia que estava com um americano até La Paz onde chegamos no final da tarde ao hotel para um merecido banho, um merecido jantar e uma mais merecida ainda noite de sono em uma cama quente.

Hoje acordamos cedo e como o Alcides havia recebido ontem um email com uma proposta de emprego e que se ele quisesse ser entrevistado teria que estar na Argentina (onde ele mora atualmente) no máximo 6a. feira fomos na Aerolineas Argentinas onde, ao final da tarde depois de muito esperar, conseguiu trocar a passagem. Agora à noite jantamos e às 22hs ele foi para a rodoviária onde às 22h30 deve ter pego um ônibus para Cochabamba. Lá ele pegará outro para Sta Cruz, depois um voo para Buenos Aires, outro para Córdoba e ai sim um último ônibus para Carlos Paes, onde deve chegar na 4a. feira.

Meu voo de retorno para o Brasil esta marcado para semana que vem e não pretendo agradar a companhia aérea adiantando meu retorno (porque eles cobram taxas para mudar as datas) e ficarei aqui por La Paz mais alguns dias. Nos próximos dias estarei me recuperando da escalada no Condoriri (principalmente os lábios que estão muito rachados por causa do Sol e frio) e aproveitarei também para comprar passagem de La Paz para Sta Cruz, de onde sai meu voo para SP (não quero voltar em mais 16 hs de onibus).

Além disso, se o clima colaborar e eu me animar posso ir para alguma montanha, mas isso não é certeza nenhuma e só vou saber daqui uns dias.

Além de tudo hoje aproveitei também para ajustar e selecionar algumas fotografias aqui para o site. Se a conexão do hotel permitir elas logo estarão no ar no link Trekking Condoriri e subida do Tarija.

- enviado por Tacio Philip às 23:46:00 de 07/09/2009.



Contato | Listar todas postagens

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- montanhas de monte verde
- odinskriegerfest
- show guns n roses - curitiba
- pedra do camelo
- morro do urubu
- travessia couto-prateleiras
- circuito 5 lagos e morro do massena
- pico das agulhas negras
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/16
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
4 Usuários Online (248 nas últimas 24hs)