Fanpage Tacio Philip
> busca
página inícial
últimas notícias
lojinha

sobre
- Tacio Philip
- currículo
- meu blog

montanhismo
- no Brasil
- alta montanha

arquivos
- gps
- cartas topo
- wallpaper

postagens recentes
.: ver todos :.:

contato
- email


Adote um Gatinho


Eu não uso drogas!

Blog Tacio Philip
Contato | Listar todas postagens

19/10/2009 20:45:00 - Morro do Urubu no Parque Nacional do Itatiaia

No último final de semana, dias 17 e 18 de Outubro, estive com a Paula, Tiago e Guilherme daqui de São Paulo e o Rafael (Vin) e André (Requeijo - não é apelido, é sobrenome!) do Rio de Janeiro no Parque Nacional do Itatiaia.

No Sábado cedo, depois de subir o Morro do Camelo (ao lado do realmente fechado Alsene) nos encontramos no posto 3 (entrada do parque) às 7hs e, depois de dar entrada, pegar as mochilas e caminhar até o abrigo Rebouças onde tomamos nosso café da manhã pegamos as mochilas de ataque e por volta das 9h30 começamos a caminhada rumo ao Morro do Urubu.

O Morro do Urubu, com 2270 m de altitude é a 34ª montanha mais alta do Brasil de acordo com o Anuário Estatístico do IBGE e raramente visitada por causa de seu acesso contrário a qualquer caminhada normal dentro do PNI, tendo como ponto de referência mais próximo o abandonado abrigo Massena.

A caminhada começou pela estrada dos Lírios (estrada dentro do parque) sentido Prateleiras. Ao final da estrada começamos a descida pela trilha Rui Braga, que leva até a parte baixa do parque, onde tivemos que atravessar diversos charcos e algumas botas já se molharam (a Paula quase até a cintura quando afundou em um dos charcos!). Ao mesmo tempo as primeiras núvens trouxeram uma garôa passageira mas depois de mais alguns minutos de caminhada ela engrossou nos forçando a colocar os anoraks e então fomos acompanhados pela água que insistia em não parar de cair pelo resto do dia.

Continuamos descendo a trilha até uma bifurcação onde, pelo que eu havia traçado na carta topográfica e transferido para o GPS, seria o melhor local para seguir para o Morro do Urubu. Estávamos também próximos do abrigo Massena então, em vez de ir direto para o Urubu fizemos um rápido bate-volta até o abrigo para algumas fotos. É realmente uma pena aquele abrigo abandonado, ele é enorme e devia ser muito bonito quando estava em funcionamento (veja um vídeo do abrigo abaixo).

Continuando a caminhada voltamos à bifurcação e seguimos uma trilha mais fechada que nos levou a uma ruina de outro abrigo, esse muito menor, e em uma crista de montanha. De lá em diante não havia mais trilha então seguimos pela crista orientados pelo GPS na direção do Morro do Urubu (sequer podíamos navegar pelo visual já que a neblina com garôa/chuva estava forte e em poucos momentos o tempo se abria para observarmos as montanhas ao nosso redor).

Apesar de não haver trilha aberta não tivemos muitos problemas nesse caminho. Só tivemos que encontrar um ponto para atravessar um riacho, subir até um primeiro cume, descer até outro colo onde contornamos um lago formado provavelmente pelas chuvas e aí sim subir até o cume do Morro do Urubu, onde chegamos às 16hs.

No cume fizemos uma pausa muito rápida apenas para foto e em seguida começamos a descida pelo mesmo caminho que usamos na subida. Nas poucas aberturas do tempo podíamos ver a face oposta do Prateleiras e a Pedra Assentada que se mostram ainda mais imponentes quando vistas de onde estávamos!

A trilha de retorno, mesmo tendo mais subidas que a ida, foi muito mais rápida já que agora conhecíamos o caminho e não teríamos tanto cuidado para não molhar os pés nos charcos e poças d´água (essa hora já estávamos totalmente encharcados) então, seguindo o traçado no GPS e depois a trilha aberta fomos até o abrigo Rebouças tendo feito apenas uma pausa para um breve lanche durante a subida, chegando ao abrigo por volta das 18h30 onde encontramos o outro pessoal (alguns pesquisadores da área de biologia) que também ficaram hospedados no abrigo.

No abrigo um merecido jantar, alguns se animaram para um banho frio e depois uma merecida noite de sono (não tão boa por causa de uma sinfonia de roncos - regida pelo maestro Requeijo - no alojamento).

No dia seguinte acordamos com chuva forte então sem pressa alguma tomamos nosso café da manhã e, quando a chuva cessou pudemos procurar alguns sapinhos de barriga vermelha - ou flamenguinho (Melanophryniscus moreirae) para fotografar. Enquanto o tempo passava as núvens também foram embora e veio então um dia com Sol e céu azul, tudo que queríamos no dia anterior. De volta ao abrigo almoçamos, acabamos de arrumar as mochilas, fechamos o abrigo e às 14h30 começamos a caminhada de volta aos carros e em seguida fomos embora.

No retorno fizemos uma parada na garganta do registro para um milho verde (onde nos despedimos do Vin e Requeijo que seguiram para o RJ), depois uma pausa para pão de queijo e capuccino em Engenheiro Passos e depois uma outra pausa relâmpago para uso emergencial do banheiro do Frango Assado na Rodovia Ayrton Senna. Depois disso só um pouco mais de estrada e, depois de deixar a Paulinha em sua casa cheguei à minha onde o Guilherme pegou seu carro e seguiu caminho com o Tiago.

Mesmo embaixo de chuva durante quase o dia todo a ida para Itatiaia como sempre valeu a pena! Essa vez consegui reservar o abrigo Rebouças (que facilita muito a logística para subir montanhas mais afastadas) e subimos uma montanha pouquíssimo visitada que pretendo retornar em algum dia com bom tempo para fotografias.

Algumas das poucas fotografias feitas nesse final de semana estão no link Morro do Urubu - PNI.

- enviado por Tacio Philip às 20:45:00 de 19/10/2009.



Contato | Listar todas postagens

cursos diversos
- GPS: Operação, planejamento e tratamento de dados
- Escalada em Rocha
- Calculadora hp 50g
- Calculadora hp Prime
- Macrofotografia e close-up
- Photoshop para fotógrafos

aulas fotografia
- Fotografia Básica
- Macrofotografia e close-up
- Foto noturna
- Fotografia 3D
- Fotometria aplicada
- Workshops

fotografias macro
- tradicionais
- stacking
- anaglifos (3d)
- abstratas

fotos recentes
- montanhas de monte verde
- odinskriegerfest
- show guns n roses - curitiba
- pedra do camelo
- morro do urubu
- travessia couto-prateleiras
- circuito 5 lagos e morro do massena
- pico das agulhas negras
.: ver todos :.
.: buscar imagem :.

vídeos
YouTube

* será redirecionado para o site:
macrofotografia.com.br

free counters


© Tacio Philip - 2005/16
Não é permitida cópia parcial ou total do conteúdo ou código fonte deste site.
4 Usuários Online (244 nas últimas 24hs)